quinta-feira, março 23, 2017

elefante

foi anunciado o novo romance.

lá vai dança que nem um Neymar

garupa dribla minha sorte beleza

se tá na palavra não vale de nada

lá contei a velha história dos elefantes

sem nem citar os elefantes

mágica pura e aplicada: esconde onde aponta

elegemos os ventos do nordeste

cuspimos no dedo um filho gigante

lembrando que é outono gira

na ponta do seu pau meu ventre

nas pessoas que voltam às festas

os ventos voltam do norte

a sorte volta de novo

até do menino cuspido no chão

promete que me acorda

só depois do meio-dia

e inauguro esse lance pra sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário