segunda-feira, novembro 02, 2009

Woody Allen

Woody Allen, sem dúvidas, é o cineasta com que mais me identifico. Não é um gênio, nem tem frases de fazer chorar, – a não ser de rir – é muito fiel a sua visão sarcástica em relação aos relacionamentos, a sociedade e ao ser humano com todas suas neuroses, maluquices e questões froidianas


Woody é todo niilista, cheio de questões existenciais, ateu e hipocondríaco (é assim na vida, e alguns personagens herdaram essas loucuras allenescas)

 Woody’s Top, top, top:

1) Manhattan – Só a abertura me deixa arrepiada: a história é trivial: um romance, um triangulo amoroso, pessoas complicadas... A fotografia e o roteiro do filme são um deleite.

2) Noivo neurótico, noiva nervosa. – Meu amor por esse filme veio por causa da minha fase “Diane Hall” (o verdadeiro nome da atriz Diane Keaton que inspirou Woody a fazer o filme, na época em que ele dava uns pegas nela). Mais uma história de relacionamentos e pessoas e de como complicamos tudo, mas, que a vida ainda tem partes brincando-com-o-jantar-e-tirando-fotos (cena predileta).

3) A Outra – Graaaande atuação de Gena Rowlands. Filme que me rendo – um pouco – a Mia Farrow. Fala de uma mulher muito fechada que acaba levando a sua vida de outra maneira ao escutar os desabafos de uma nova paciente de seu vizinho psiquiatra. Mais conflitos da psi!!

4) Interiores – Dramalhão com ótimas atuações, linda fotografia e roteiro muito inteligente. Fala de uma família toda complicada, relacionamento entre irmãs diante da mãe “doente”, do pai e da nova madrasta.
5) Crimes e pecados – Traição, assassinatos, consciência, tentações e humor. Maravilhoso!

6) Vicky Cristina Barcelona – Roteiro maravilhoso, Javier Barden (aaaah, as meninas suspiram), Barcelona e Penélope cruz dando ataque em espanhol.


“Quando eu era pequeno os meus pais descobriram que eu tinha tendências masoquistas. Então passaram a bater-me a toda a hora para ver se eu parava com aquilo.”


“Já várias vezes disse que a única coisa que se interpõe entre mim e o sucesso sou eu.”

“O Homem divide-se em duas partes: corpo e alma. O corpo é mais divertido.”

"Alguns casamentos terminam bem, outros duram a vida inteira"

“As pessoas boas dormem muito melhor à noite do que as pessoas más. Claro, durante o dia as pessoas más se divertem muito mais.”

“Não é só Deus que não existe, tente chamar o bombeiro nos finais de semana."

“A liberdade é o oxigênio da alma”

É agradável, de tempos em tempos, tentar imaginar o que teria sido a existência se Deus tivesse conseguido um orçamento e roteirista melhores".

“Um homem vai ao psiquiatra e diz: "doutor, meu irmão é louco; ele acha que é uma galinha". e o doutor diz: "e por que você não o convence do contrário?"; e ele responde "eu o convenceria, mas preciso dos ovos. Isso é basicamente o que eu sinto sobre relacionamentos: sei, eles são totalmente irracionais, malucos e absurdos, mas continuamos porque a maioria de nós precisa dos ovos.”

2 comentários:

  1. Acabei lendo esse também...por sinal muito bom. Gostei das fotos, tudo haver. Homenagem perfeita. Bjs, sua fã nº1.

    ResponderExcluir
  2. Adoro woody *-* ainda tenho que ver muitos filmes dele mas amo os que eu já vi.

    Ah, e quannto ao seu ultimo comentário no meu blog: uma borboleta azul. simples e muito comum, mas sempre gostei, e depois de "não tem tristeza" eu tenho todas as razões pra tatuá-la.

    Bjs!

    ResponderExcluir